Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Yorick’

Cara, eu sei. É chover no molhado. Mas não canso de falar. Y: The Last Man KICKS ASS! É muito bom e impossível de largar. Mesmo as 4 da manhã precisando dormir por causa de um trabalho sobre inôrganica, é impossível largar essa revista!

Começa com a idéia: você queria ser o último homem da Terra? Sim? Dude, think twice about that…  Não, você não quer. Principalmente se você for Yorick, o herói (?) dessa obra-prima. Ele não é forte, não joga futebol americano e é formado em letras. Sua grande habilidade é o escapismo (você sabe: se soltar de uma camisa de força e coisas do tipo. Mas não o compare com o Houdini).

A idéia é o seguinte: uma praga de proporções  biblicas atinge nosso mundo e todo mamífero com um cromossomo Y -seja formado, feto ou esperma- morreram ao mesmo tempo. Todos menos Yorick e seu macaco de estimação, Ampersand.

Junte a história uma agente de uma organização secreta dos EUA (Culper Ring) melhor que James Bond e uma engenheira celular que juntam-se a Yorick na tentativa de repovoar o mundo. Calma, não dessa forma que você está pensando. Na verdade, não é nada do que você está pensando.

Sabe aquela frase: “Não ficaria com você nem que fosse o último homem da Terra”? Pois é. Y segue por essa linha.

Ao longo da história tentam vender Yorick, matar, sequestrar e outras coisas.

As citações são um ponto a parte. Surge um sorriso quando Yorick empresta um esqueiro escrito “Fuck Communism” para 355. Linda homenagem a Preacher.

Bom, como é minha primeira resenha então não ficará no nível da obra de Brian K. Vaughan. Porém é o que estou lendo no momento e realmente é impressionante. Não só os argumentos mas também o desenho. A artista Pia Guerra faz um ótimo trabalho. Seu traço se encaixa de tal modo a história que qualquer outro artista, não importa qual, destruiria essa sensação que se tem ao ler Y. Uma coisa muito legal que ela faz é desenhar fumaça, nuvens e alguns sombreamentos com giz de cera.

Meu primeiro post foi sobre a adaptação para o cinema da origem do Wolverine. Falei que odeio adaptações. Pois é. Infelizmente Y vai para o cinema. Assim como Ex Machina, outra obra de Vaughan.

Malditos produtores de cinema.

Minha nota para Y? de 0 a 10?

10!

Uma das razões de minhas olheiras... Y é dos infernos!

Uma das razões de minhas olheiras... Y é dos infernos!

Anúncios

Read Full Post »