Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘inutilidade’

Hã?

Repórter Idiota: Agnaldo, eu vou fazer uma série de perguntas e você me responde sem pensar muito, OK?

Agnaldo: Hum.

Repórter Idiota: Praia ou montanha?

Agnaldo: Feijoada.

Repórter Idiota: Loira ou morena?

Agnaldo: Rabada.

Repórter Idiota: Qualidade indispensável numa mulher?

Agnaldo: Vaca atolada.

Repórter Idiota: O que você levaria para uma ilha deserta?

Agnaldo: Uma baita duma buchada.

Repórter Idiota: Cor favorita?

Agnaldo: Goiabada.

Repórter Idiota: Um segredo?

Agnaldo: Canja caprichada.

Repórter Idiota: O que faz quando está deprimido?

Agnaldo: Quiabo e timbalada.

Repórter Idiota: Quem faz você pensar em sua amada?

Agnaldo: Um Tira da Pesada.

Repórter Idiota: É o fim da entrevista com Agnaldo, senhoras e senhores. Um abraço e até amanhã.

Agnaldo: Abacate e cocada.

—————————————————————————————————————————————————————————————————

É, eu vou dormir.

Anúncios

Read Full Post »

349181314_44b90a9412

Fred Fredburger revela o segredo do sucesso: YES!

Me assustei ontem ao descobrir que mais de 1064(1080 hoje) pessoas visitaram meu Blog (e isso não conta com as minhas visitas). Tirando pessoas que você conhece (e eu sou um cara muito social e falei deste blog para todas pessoas chegadas a mim que, somando todos que mantenho um certo contato, são seis pessoas no total), que costumam entrar aqui por pura simpatia e amor (obrigado Débora, amor da minha vida), são muitos desconhecidos lendo minhas inúteis considerações sobre outros assuntos inúteis. Mesmo dos  seis amigos, apenas três dão aquela olhadinha de vez em quando (um desses três minha namorada, que vem visitar aqui por puro apoio moral). Ou seja, concluindo, as pessoas adoram algo inútil.

Eu pensava que ninguém vinha nessa joça aqui.  Afinal de contas, poucas pessoas decidiam comentar alguma coisa. Então, eu escrevia mais para mim mesmo. Será que tenho que tomar mais cuidado com o que falo (não tenho nada contra são paulinos – só não gosto deles… – inclusive um dos meus grandes amigos é bambi, digo, são paulino. Diz aí, Donel)? E a resposta é: não. Primeiro que minha audiência não é tão grande assim (ela é composta principalmente de fãs do Fred Fredburger e do Nigel Planter) que eu me tornei um símbolo para as criancinhas. Mais uma vez, estou escrevendo isso mais para mim mesmo. A diferença é que estou com o ego maior. Mas isso não deve durar muito…

Então, como a maioria dos que visitam esse blog é fã do Fred Fredburger, estou pensando em fazer um concurso. Não sei sobre o que ainda. Mas quem vencer pode levar NACHOS ou PICKLES para casa? E aí, Fredburgetes, o que acham?

——————————————————————————————————————————————————————————————————————————-

Também fiquei sabendo, através das opiniões de meus três maiores leitores (minha namorada, Débora, e meus amigos, Mauricio e Nilton) que meus posts são muito grandes e extensos. E que as pessoas tem preguiça de ler. Oras, não sou um baluarte da língua portuguesa. Muitos podem perceber que meus escritos não estão livres de erros de portúgueis português. Mesmo assim: preguiça de ler, minha gente?! O quê? Vai me dizer que também tem preguiça de dormir?

Eu não atualizo muito o blog, verdade. Mas não atualizo porque não tenho algo de útil (mesmo sendo inútil) e interessante para falar. Não vou aqui falar, por exemplo, de como o Silvio Santos é feio. Na boa: meu tempo livre é raro e não vou perder ele escrevendo coisas inúteis só pra dizer que meu blog tem vida sexual ativa. Nada contra quem faz isso. Apenas não é para mim.

Bom, se você tá lendo esse blog e tá com preguiça de comentar, eu te entendo. Faço isso muito. Visito vários blogs e minha vontade de comentar some quando aparece uma mensagem do tipo: cadastre-se no google friends! Mas, se você quer me fazer um pouco mais iludido (e talvez me fazer largar a faculdade achando que isso daqui vai me sustentar) comente. Mas se for pra comentar coisas chatas, não o faça. Se for pra me insultar, não perca seu tempo nem o meu. Se for para adicionar algo mais aos meus já exaustivos textos, por favor, sinta-se em casa.

Obrigado, leitores anônimos.

Read Full Post »